Tráfico de animais silvestres nas redes sociais[ 1 min ]

O melhor lugar para o tráfico de animais (“comercializar” ilegalmente animais) silvestres não são mais as feiras nos rincões do país. Agora, eles são expostos nas redes sociais. O Ibama identificou 1.277 animais colocados à venda na internet nos estados do Amazonas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Sergipe e São Paulo.

Na operação desencadeada com a Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e Polícias Civis e Ambientais foram apreendidos jabutis, lagartos, jacarés, macacos, iguanas, serpentes, escorpiões, aranhas, corn snake (cobra-do-milho), píton, pogona e tigre d’água.

Foram cumpridos 34 mandados de busca e apreensão, solicitados por Ministérios Públicos dos estados, 12 pessoas foram detidas, 312 animais foram resgatados e aplicados 102 autos de infração, que totalizam R$ 2,11 milhões. A operação terá continuidade.

Fonte: Boletim Ambiental.

[amazon_link asins=’B00FP1P310,B00CJT22HO,B071H85XBY,8576004925,B015QMQ8R0,8575961039,8572413774′ template=’ProductCarousel’ store=’green-business-post-20′ marketplace=’BR’ link_id=’38518451-af9e-11e8-8673-f744244703e0′]

Se estamos lhe agregando de alguma forma, apoie a profissionalização do canal. Faça um pix de qualquer valor para pix@greenbusinesspost.com e mantenha o nosso time empenhado na geração de novos conteúdos.

Click Here
Newsletter
Faça como 350 mil pessoas e receba conteúdos exclusivos! Inscreva-se aqui!!

As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do GREEN BUSINESS POST.

👍 REPUBLIQUE nosso conteúdo de acordo com a Collaborative Progress License!

🫶 APOIE: ao adquirir produtos por meio de links no site, você estará apoiando o autor/canal sem pagar nada a mais por isso.

👣 ACOMPANHE nossas redes no Everlink.

💪 PARTICIPE das discussões sobre ESG+ no Facebook.

Lenah Sakai

Ex-atleta, green fellow (vegetariana, minimalista), trabalhando duro para tornar as organizações, os maiores impactadores do planeta, mais responsáveis. Formada em administração pela PUC-SP, há +10 anos atua em negócios e sustentabilidade. Fundadora do Green Business Post, co-fundadora da Ignitions Inc., do movimento Cultura Empreendedora, do DIRIAS, 1ª associação de direito digital do Brasil e da ABICANN, 1ª associação das indústrias de cannabis do Brasil. Hoje é gestora de uma rede de 5 milhões de pessoas do ecossistema empreendedor nacional e internacional.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *