Geração Distribuída já corresponde 4,3% do consumo de energia no mercado das distribuidoras[ 1 min ]

Painéis fotovoltaicos presentes em residências e estabelecimentos comerciais têm capacidade instalada equivalente a quase uma Usina de Belo Monte

Por: CCEE | 02 agosto 2022.

O mercado solar fotovoltaico tem ocupado cada vez mais espaço na matriz brasileira de energia, sobretudo com o crescimento expressivo da presença de painéis em indústrias, empresas e residências nos últimos anos. De acordo com dados compilados pela Câmara de Comercialização de Energia Elétrica – CCEE, a chamada geração distribuída já é equivalente a 4,3% de todo o consumo dos clientes das distribuidoras.

No primeiro semestre deste ano, as pequenas usinas da modalidade produziram 1.828 MW médios, um crescimento de 80% na comparação com o mesmo período do ano passado. Em capacidade instalada, a tecnologia conta com 11.315 megawatts de potência no país, o equivalente a quase uma hidrelétrica de Belo Monte.

Complementando a representatividade da fonte, há a geração centralizada, que contabiliza a energia produzida por grandes fazendas solares. O segmento também tem avançado muito e foi responsável pela oferta de 1.207 megawatts médios nos primeiros seis meses deste ano. O resultado corresponde a uma alta de 64% frente a 2021 e seria suficiente para atender todo o estado do Mato Grosso no mesmo período.

O presidente do Conselho de Administração da CCEE, Rui Altieri, avalia como bastante promissor o cenário para os próximos anos. “De um lado temos a demanda crescente da sociedade por mais sustentabilidade e do outro um apetite grande dos investidores, tornando esse mercado ainda mais atrativo. A geração solar certamente será um componente importante para alcançarmos a complementariedade das fontes”, destaca.

Ao todo, somados os 5.719 megawatts da geração centralizada, os empreendimentos solares no Brasil concentram capacidade instalada de 17.035 megawatts, mais do que a usina de Itaipu. O levantamento teve como base em informações do banco de dados de geração distribuída da Agência Nacional de Energia Elétrica – Aneel e dos boletins da Câmara de Comercialização.

Fonte: FBS Comunicação | Fábio Souza | fabio.souza@fsb.com.br

Se estamos lhe agregando de alguma forma, apoie a profissionalização do canal. Faça um pix de qualquer valor para pix@greenbusinesspost.com e mantenha o nosso time empenhado na geração de novos conteúdos.

Click Here
Newsletter
Faça como 350 mil pessoas e receba conteúdos exclusivos! Inscreva-se aqui!!

As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do GREEN BUSINESS POST.

👍 REPUBLIQUE nosso conteúdo de acordo com a Collaborative Progress License!

🫶 APOIE: ao adquirir produtos por meio de links no site, você estará apoiando o autor/canal sem pagar nada a mais por isso.

👣 ACOMPANHE nossas redes no Everlink.

💪 PARTICIPE das discussões sobre ESG+ no Facebook.

Lenah Sakai

Ex-atleta, green fellow (vegetariana, minimalista), trabalhando duro para tornar as organizações, os maiores impactadores do planeta, mais responsáveis. Formada em administração pela PUC-SP, há +10 anos atua em negócios e sustentabilidade. Fundadora do Green Business Post, co-fundadora da Ignitions Inc., do movimento Cultura Empreendedora, do DIRIAS, 1ª associação de direito digital do Brasil e da ABICANN, 1ª associação das indústrias de cannabis do Brasil. Hoje é gestora de uma rede de 5 milhões de pessoas do ecossistema empreendedor nacional e internacional.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.