CIEDS lança relatório de impacto alinhado aos ODS[ 2 min ]

Resultados de impacto mostram que cerca de 748 mil pessoas foram beneficiadas em todo o país

Às vésperas de celebrar seu 25º aniversário, o Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável (CIEDS), comemora os resultados obtidos em 2021. O levantamento, feito para o relatório de impacto da instituição, mostra que os 58 projetos geridos, trouxeram impacto social positivo em todas as regiões do país. Foram 747.898 beneficiários diretos e 3.125.441 beneficiários indiretos, nas áreas de Engajamento Comunitário (32,7%), Assistência Social (16,4%), Ensino e Aprendizagem (16,4%), Empreendedorismo (14,5%), Educação e Trabalho (13,6%) e Saúde (6,4%). 

Ao longo de 2021, o CIEDS realizou ações com o objetivo de gerar renda, fortalecer organizações comunitárias, incentivar iniciativas promovidas por jovens, apoiar a gestão pública, formar para o trabalho e para a vida, dentre muitas outras, sempre alinhadas aos ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável) da ONU (Organização das Nações Unidas) que se tornaram ainda mais urgentes com o enfrentamento à pandemia. 

“Nesse sentido, a ODS 17 (Parcerias e Meios de Implementação) é, para nós, transversal e estruturante, pois desenvolvemos, com iniciativa privada, poder público, organizações sociais, fundos e organismos internacionais, soluções multisetoriais e de impacto coletivo, que só são possíveis por meio de parcerias estratégicas. Não à toa, 70,7% dos nossos projetos interagiram ou incidiram em políticas públicas, por exemplo. E somamos 155 parceiros no ano”, conta o diretor-presidente do CIEDS, Vandré Brilhante.

O time do CIEDS é composto por 1.800 colaboradores que, no dia a dia,  fomentam a construção de redes entre empresas, setor público e sociedade civil, numa perspectiva de complementaridade, somando potenciais e impacto coletivo. Todos os projetos desenvolvidos foram direcionados por ODS: ODS 1 (Erradicação da Pobreza); ODS 3 (Saúde e Bem-Estar); ODS 4 (Educação de Qualidade); e ODS 8 (Trabalho Decente e Crescimento Econômico). 

O principal público atendido pelos projetos do CIEDS são os jovens, e 64% das ações interagiram diretamente com políticas públicas para o país. Segundo o Atlas das Juventudes, essa é a maior geração de jovens da história do Brasil, com 50 milhões de pessoas entre 15 e 29 anos. 

“Em 2021, intensificamos nossas ações para e com as juventudes, oferecendo caminhos e oportunidades, construindo saberes e aprendizados, tentando minimizar os graves efeitos dos anos de pandemia e construindo maior confiança no futuro. A pandemia intensificou dados preocupantes em relação aos jovens mais vulneráveis, em especial em temáticas como educação, geração de renda e saúde mental.”, conclui Brilhante.

Leia e baixe o relatório completo aqui.

Fonte: Joana Dupre | Ludus Global | joana@ludusglobal.cc.

Se estamos lhe agregando de alguma forma, apoie a profissionalização do canal. Faça um pix de qualquer valor para pix@greenbusinesspost.com e mantenha o nosso time empenhado na geração de novos conteúdos.

Click Here
Newsletter
Faça como 350 mil pessoas e receba conteúdos exclusivos! Inscreva-se aqui!!

As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do GREEN BUSINESS POST.

👍 REPUBLIQUE nosso conteúdo de acordo com a Collaborative Progress License!

🫶 APOIE: ao adquirir produtos por meio de links no site, você estará apoiando o autor/canal sem pagar nada a mais por isso.

👣 ACOMPANHE nossas redes no Everlink.

💪 PARTICIPE das discussões sobre ESG+ no Facebook.

Lenah Sakai

Ex-atleta, green fellow (vegetariana, minimalista), trabalhando duro para tornar as organizações, os maiores impactadores do planeta, mais responsáveis. Formada em administração pela PUC-SP, há +10 anos atua em negócios e sustentabilidade. Fundadora do Green Business Post, co-fundadora da Ignitions Inc., do movimento Cultura Empreendedora, do DIRIAS, 1ª associação de direito digital do Brasil e da ABICANN, 1ª associação das indústrias de cannabis do Brasil. Hoje é gestora de uma rede de 5 milhões de pessoas do ecossistema empreendedor nacional e internacional.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *