Painéis solares geram energia a partir de resíduos agrícolas[ 2 min ]

Inspirado por Elon Musk, estudante cria material solar que democratiza a geração de energia limpa a partir de resíduos agrícolas e não necessitam de luz solar direta

Por: Lottie Limb | Euronews | 26 fev 2022.

Adquira na Amazon!

Um estudante de engenharia filipino projetou o material revolucionário usando partículas luminescentes de resíduos de frutas e vegetais.

Carvey Ehren Maigue, 29, ganhou o Prêmio de Sustentabilidade da Fundação James Dyson em 2020 pelos painéis que construiu na Universidade de Mapua, nas Filipinas.

Como fazem dentro das plantações, essas partículas absorvem os raios ultravioleta do sol e os transformam em luz visível. Os painéis são capazes de converter esta luz colhida em eletricidade.

Maigue disse que foi inspirado por Elon Musk e como ele “abriu caminho para que sua solução chegasse ao mercado”. (Segundo Fundação James Dyson)

Os raios ultravioleta ainda nos atingem em dias nublados, o que significa que há um enorme potencial para expandir a tecnologia em áreas urbanas – bem como em outros lugares que um painel solar convencional não funcionaria.

Inspiradas nas auroras e chamadas AuREUS, as partículas são colocadas em uma superfície de resina que pode ser moldada em diferentes formatos.

O novo material solar pode até ser colocado em nossas roupas

Discutindo sua invenção em 2020, Maigue disse que queria trazer o produto ao mercado imediatamente, além de investir em mais pesquisas.

“Quero criar fios e tecidos para que até suas roupas possam coletar luz ultravioleta e convertê-la em eletricidade.”

O protótipo era um painel de três por dois pés instalado em uma janela do apartamento de Maigue, capaz de gerar eletricidade suficiente para carregar dois telefones por dia. Mas ele tem ambições de revestir edifícios inteiros em AuREUS, transformando-os em fazendas solares verticais.

Apesar de não enfrentar o sol, os arranha-céus com esse exterior podem absorver os raios UV que refletem nas paredes, calçadas e outros edifícios.

“Também estamos procurando criar placas curvas, para uso em carros elétricos, aviões e até barcos”, disse ele à Fundação .

O estudante de engenharia elétrica acrescentou que queria democratizar seu novo produto. “AuREUS tem a chance de trazer a captação de energia solar para mais perto das pessoas”, disse ele.

“Da mesma forma que os computadores eram usados ​​apenas pelo governo ou pelos militares e agora a mesma tecnologia está em nossos smartphones, quero que a coleta de energia solar seja mais acessível.”

Como o ‘upcycling’ de colheitas perdidas cria energia limpa colorida

A nova tecnologia tem fortes credenciais de sustentabilidade do início ao fim.

“Aproveitamos as colheitas dos agricultores que foram atingidos por desastres naturais, como tufões, que também são um efeito das mudanças climáticas”, explica Maigue.

Dos 78 tipos de cultivos locais testados, nove apresentaram alto potencial. Estes são triturados, espremidos e filtrados para extrair as partículas luminescentes, que são então suspensas em resina.

O material resultante pode ser moldado em revestimento e preso às paredes, ou ensanduichado entre dois painéis de vidros duplos para começar a gerar energia renovável para o edifício.

Ele faz isso refletindo a luz convertida para as bordas do painel, onde sequências de células fotovoltaicas (PV) regulares estão esperando para capturá-la e convertê-la em eletricidade.

Uma área para melhoria é passar de 80% de frutas e vegetais para 100%, pulando completamente as químicas. Entre as cinco cores utilizadas – vermelho, laranja, amarelo, verde e azul – ainda não foi encontrada uma alternativa natural para o corante azul.

Fonte: Euronews.

Se estamos lhe agregando de alguma forma, apoie a profissionalização do canal. Faça um pix de qualquer valor para pix@greenbusinesspost.com e mantenha o nosso time empenhado na geração de novos conteúdos.

Click Here
Newsletter
Faça como 350 mil pessoas e receba conteúdos exclusivos! Inscreva-se aqui!!

As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do GREEN BUSINESS POST.

👍 REPUBLIQUE nosso conteúdo de acordo com a Collaborative Progress License!

🫶 APOIE: ao adquirir produtos por meio de links no site, você estará apoiando o autor/canal sem pagar nada a mais por isso.

👣 ACOMPANHE nossas redes no Everlink.

💪 PARTICIPE das discussões sobre ESG+ no Facebook.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *