Como praticar ESG? O 1º passo que não te ensinam

O primeiro passo já se alinha à estratégia de qualquer organização e desmistifica o ESG+ por completo. Começando por ele, os gestores podem se engajar mais fortemente nos demais trabalhos de impacto.

Avatar de Lenah Sakai

Lenah Sakai | Green Business Post |18 jun 2024

Sigam-nos os conscientes: Google News | Newletter

Quais os primeiros passos para praticar a sustentabilidade corporativa (ESG)?

Embora muitos gestores estejam focados na sobrevivência operacional diária, é crucial sair dessa mentalidade e adotar uma visão de liderança para enxergar questões mais amplas que impactam o negócio.

Existe a importância de diversificar as fontes de receita, gerar receitas recorrentes, investir o dinheiro excedente e gerenciar o fluxo de caixa para evitar falências. Além disso, a ferramenta ‘ESG+ Express’ ajuda os gestores a analisar e priorizar práticas de sustentabilidade em suas organizações.


Desafios dos gestores

Muitos gestores estão focados em sobreviver operacionalmente, em vez de olhar para questões mais amplas que impactam suas empresas. Eles precisam superar esse desafio, delegando tarefas operacionais e se tornando líderes capazes de enxergar problemas e oportunidades além do dia a dia.

A importância do fluxo financeiro

A primeira pauta do ESG é o aspecto financeiro, pois é fundamental para a sustentação da empresa. Ele é o ‘sangue’ da empresa, assim como em nosso corpo, o fluxo sanguíneo precisa ser contínuo, senão morremos. Para isso, é necessário diversificar as fontes de receita, gerar receitas recorrentes, investir o dinheiro excedente e gerenciar o fluxo de caixa adequadamente para reduzir os riscos de falências.

Práticas sugeridas para o modelo de negócios

  • Primeiro, ter pelo menos três fontes de receita, incluindo receitas passivas como venda de conteúdo digital.
  • Segundo, gerar receitas recorrentes por meio de assinaturas ou programas de fidelidade.
  • Terceiro, fazer uma boa gestão do fluxo de caixa, para conseguir sempre ter dinheiro em caixa para eventualidades e para o quarta sugestão a seguir.
  • Quarto, investir o dinheiro excedente em opções seguras que rendam acima da inflação.

Ferramenta ESG+ express

A ferramenta ESG+ Express é mantida pela comunidade e pela iniciativa Aware Alliance, uma organização independente e sem fins lucrativos. Essa ferramenta ajuda os gestores a analisar e priorizar 21 pautas de sustentabilidade em suas organizações, fornecendo sugestões de boas práticas em cada área. O objetivo é permitir que os gestores identifiquem lacunas e definam prioridades para suas organizações.

Oficina: Empresas Orientadas ao ESG+

Faremos uma oficina para aplicar na prática esse primeiro passo ESG+, além de decidir quais os próximos passos para empresas diversas.

Possui interesse em participar? Então inscreva-se gratuitamente em nossa newsletter.

*As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do GREEN BUSINESS POST.

👍 REPUBLIQUE nosso conteúdo de acordo com a Collaborative Progress Licenseª!

👣 ACOMPANHE nossas redes no Everlink.

🫶 VALORIZE NOSSO TRABALHO:

  • 🔗Ao adquirir produtos por meio de links no site, você estará apoiando o autor/canal sem pagar nada a mais por isso.

Lenah Sakai

Fundadora e editora do Green Business Post, atua com sustentabilidade empresarial desde 2013. Se tornou vegetaria para combater a banalização da vida e adotou o minimalismo para o consumo consciente e foco em SER e FAZER em detrimento de TER e MANTER. Por considerar a geração de renda o melhor impacto social ao combater a pobreza e a criação de soluções da sociedade para a sociedade o impacto mais eficiente, contribuiu com a fundação do(a): movimento Cultura Empreendedora, holding de startups Ignitions inc., Angel Investors League, DIRIAS - 1ª associação de direito digital do Brasil e ABICANN - 1ª associação das indústrias de cannabis do Brasil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *