No Dia Internacional dos Direitos Humanos, a maior empresa de beleza do mundo lidera transformação social junto a ONU no país promovendo o salário digno até para seus fornecedores

Por: Mundo RH – 12 dez 2021 | Adaptado por Lenah Sakai – 23 dez 2021.

Um dos reflexos da pandemia da COVID-19 no Brasil foi crescimento da pobreza extrema no país. Em 2020, de acordo com o IBGE, o país foi considerado o nono com maior desigualdade no mundo e 19 milhões de brasileiros passaram fome, com mais da metade dos domicílios no território enfrentando algum grau de insegurança alimentar. Em resposta à esta e a outras situações que acentuam a desigualdade social, a L’Oréal Brasil, no dia Internacional dos Direitos Humanos, se juntou à ONU e outras grandes empresas no movimento Salário Digno. O grupo apresenta uma carta compromisso trazendo diretrizes com metas e ações que visam engajar organizações a se comprometerem com o tema. Empresas como Renner, Natura e Schneider Electric fazem parte do movimento.

Empresa líder do movimento no país, a L’Oréal Brasil oferece hoje um Salário Digno a 100% dos seus colaboradores diretos. O valor é mapeado a partir dos estudos da Fair Wage Network, instituição responsável por criar uma metodologia que avalia diferentes fatores que influenciam nas demandas básicas locais de cada região e, a partir disso, define o salário digno (maior do que o salário-mínimo legal) para que o trabalhador possa viver adequadamente, garantindo acesso às necessidades para além das essenciais. A iniciativa corrobora com as boas práticas adotadas pela companhia e que refletem no reconhecimento pelo 7º ano por contribuição nos ODS pela ONU.

Em janeiro de 2022, 100% dos colaboradores do Grupo L’Oréal no mundo estarão cobertos com um salário digno. Além disso, por meio de seu compromisso de Sustentabilidade, L’Oréal Para o Futuro, a Companhia busca empoderar o ecossistema ao redor do seu negócio, indo além da transformação interna, como no caso do seu parceiro Firmenich, fornecedor histórico da L’Oréal com quem a companhia mantém o compromisso de ter 100% de salário digno em todo o grupo Firmenich até 2025. Indo além, até 2030, o grupo L’Oréal assegura que 100% dos seus fornecedores estratégicos também serão contemplados, assegurando o salário digno para os seus colaboradores.

“Como líder mundial da beleza, assumimos o compromisso de contribuir para a nossa sociedade e apoiar na luta contra os problemas sociais que o mundo enfrenta. Com este movimento, queremos não apenas garantir que nossos colaboradores tenham acesso a um salário digno, mas também, engajar outras organizações e parceiros na garantia da manutenção da dignidade humana”, conclui Maya Colombani, Diretora de Sustentabilidade da L’Oréal Brasil.

As consequências da fragilidade econômica tornaram a provisão de salário digno ainda mais urgente e uma meta crucial. Neste contexto, a ONU acredita que as empresas têm um papel fundamental na defesa e promoção do trabalho decente, redução de desigualdades e erradicação da pobreza. O Pacto Global da ONU incentiva que companhias ofereçam um salário digno como aspecto essencial do trabalho para garantir que os trabalhadores, suas famílias e comunidades possam viver com dignidade e ter um padrão de vida decente.

Fonte: Mundo RH.

compromisso | COVID-19 | dignidade | fornecedores estratégicos | garantir necessidades além das essenciais | geração de empregos | Indústria | influenciar fornecedores | insegurança alimentar | ODS 1 | Erradicação da pobreza | ODS 10 | Redução das desigualdades | ODS 2 | Fome zero e agricultura sustentável | ODS 8 | Trabalho decente e crescimento econômico | problemas sociais | salário digno | transformação externa | transformação interna

Compartilhe esse conteúdo

Newsletter

Receba oportunidades, editais, eventos e conteúdo exclusivo diretamente em seu email.

Cadastre-se

As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do GREEN BUSINESS POST.

REPUBLIQUE nosso conteúdo de acordo com a Collaborative Progress License!

APOIE: ao adquirir livros e outros produtos por meio de links no site, você estará apoiando o autor ou o canal sem pagar nada a mais por isso. 🙂

SIGA: Acha interessante os temas que levantamos no canal? Siga nossa fundadora Lenah Sakai e acompanhe as discussões e tendências.

PARTICIPE dos grupos de discussão:  FacebookGoogle

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *