Com o uso da inteligência artificial, fundador da Alibaba prevê que as pessoas poderão trabalhar somente 3 dias por semana

O bilionário Jack Ma, um defensor aberto da cultura de trabalho extremo da China, disse na Conferência Mundial sobre Inteligência Artificial (IA) realizada em Xangai, ele espera que as pessoas possam trabalhar apenas 12 horas por semana com os benefícios da inteligência artificial.

O co-fundador do Alibaba disse que as pessoas podem trabalhar quatro horas por três dias por semana, com a ajuda de avanços tecnológicos e uma reforma nos sistemas educacionais.

Ele citou a eletricidade como um exemplo de como os desenvolvimentos tecnológicos podem liberar tempo para o lazer. “O poder da eletricidade é que poderíamos dar às pessoas mais tempo para que elas possam ir ao karaokê ou dançar à noite. Acho que, graças à inteligência artificial, as pessoas terão mais tempo para desfrutar das relações humanas “, enfatizou.”

Nos próximos 10 ou 20 anos, todo ser humano, país e governo deve se concentrar na reforma do sistema educacional, para garantir que nossos filhos possam encontrar um emprego que requer apenas três dias por semana, quatro horas por dia”. ele disse. “Se não mudarmos o sistema educacional, todos estaremos com problemas.”

As declarações do empresário aconteceu alguns meses depois de ele apoiar a rotina controversa do setor de tecnologia da China, que consiste em trabalhar 12 horas por dia, seis dias por semana. O apoio foi tão público que lhe valeu o apelido 996 (trabalho nove a nove, seis dias por semana). Em um post de blog, o homem mais rico da China criticou os trabalhadores que esperavam um estilo de vida típico de oito horas, o que provocou uma onda de críticas contra ele.

“Não me importo com empregos”, acrescentou Ma, referindo-se à inteligência artificial que ajudará os seres humanos ou eliminará empregos. “Os computadores só têm chips, os homens têm corações. É do coração de onde vem a sabedoria. “

Fonte: Evergol | 29 ago 2019.

Atualização sustentável

Receba oportunidades, editais, eventos e conteúdo exclusivo diretamente em seu email.

Cadastre-se

Apoie o canal 🙂

As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Green Business Post.

Republique nosso conteúdo de acordo com a Collaborative Progress License!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *