A empresa afirma que há trinta anos trabalha para criar formas de extinguir o uso de bichos no desenvolvimento de seus produtos

*Por Mariana Rosario | Veja | 18 dez 2019

Avon anunciou na quarta (18) que banirá o teste em animais em toda a cadeia de produção global. Trata-se de uma importante movimentação neste setor, uma vez que a empresa faz parte da Natura&Co, a maior empresa brasileira do segmento de cuidados pessoais, de acordo com a Euromonitor International.

A marca informou que banirá o teste em bichos na China, o último país onde ocorre esse tipo de procedimento. Trata-se de um importante mercado para a etiqueta e onde o teste é obrigatório para itens a exemplo de desodorantes e protetores solares. Para seguir operando no país, a empresa deve passar por reformulações e abrir novos canais de e-commerce, que não exijam o cumprimento dos requisitos legais em relação ao teste em bichos.

 No Brasil, os testes em animais não ocorrem há trinta anos.

Não faltam acenos recentes por partes de etiquetas de beleza em busca de produtos que não envolvam sofrimento de bichos ou até ingredientes de origem animal. A Dailus, por exemplo, colocou à venda batons de 9,90 reais feitos deste modo. A Kat Von D lançou uma excelente máscara para cílios de composição vegana, uma boa novidade. Na cidade, marcas a exemplo da Simple Organic e da Biossance contam com linhas completas de produtos do segmento.

Fonte: Veja.

Atualização sustentável

Receba oportunidades, editais, eventos e conteúdo exclusivo diretamente em seu email.

Cadastre-se

As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Green Business Post.

Republique nosso conteúdo de acordo com a Collaborative Progress License!

Ao adquirir livros e outros produtos por meio de links no site, você estará apoiando o autor ou o canal sem pagar nada a mais por isso. 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *