Está aberto o envio de propostas de consultoria para o valor máximo de 59 mil libras esterlinas para a restauração de vegetação nativa

*Por Lenah Sakai | 16 agosto 2019

A Partners for Forests (P4F), um programa do governo do Reino Unido que fomenta negócios sustentáveis em uso do solo e restauração de florestas, está buscando consultoria na área para realizar um trabalho que colaborará com a proteção ambiental no Brasil.

Presente na África Central, Oriental e Ocidental, no Sudeste Asiático e na América Latina, o programa valoriza a floresta preservada ao mesmo tempo que gera renda para comunidades e alavanque investimentos para o setor privado.

A Partners do Forests também faz parte da Coalizão Brasil Clima, Florestas e Agricultura, iniciativa que trabalha para propor ações e influenciar as políticas públicas.

Objetivo

A chamada tem como objetivo o levantamento de demanda por restauração florestal no Brasil, provenientes de mecanismos legais ou jurídicos.

Detalhes importantes

O foco mínimo da consultoria deve ser nos estados do Distrito Federal, Mato Grosso, Minas Gerais, Pará e São Paulo.

A execução do trabalho deverá ter duração máxima de 5 meses com o recursos máximo de 59 mil libras esterlinas.

As características ideais do proponente deve ser empresa ou grupo de empresas de consultoria com experiência sólida em avaliação de políticas públicas e enquadramentos jurídicos e com capacidade de articulação e mobilização de entidades públicas e privadas.

O prazo de envio de propostas é até 9h do horário de Brasília do dia 26 de agosto.

Maiores informações sobre critérios de avaliação, formato das propostas, produtos esperados e como submeter estão neste Termo de Referência: file:///home/lenah/Downloads/TdR_Restoration_Demand.pdf

Atualização semanal

Receba oportunidades, editais, eventos e conteúdo exclusivo diretamente em seu email.

Cadastre-se

As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Green Business Post.

Siga nossas redes sociais

Creative Commons License AttributionRepublish

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *