holanda vegana sustentável green business post

O conselho do Meio Ambiente e Infraestrutura do país recomenda que a população adote uma dieta com 60% de proteínas à base de plantas.

Um relatório de 98 páginas foi apresentado pelo Conselho do Meio Ambiente e Infraestrutura (RLI) para que os cidadãos da Holanda possam escolher um dieta sustentável e baseada em vegetais.

O documento cita os objetivos do Acordo de Paris, a agenda das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável e as Diretrizes Dietéticas Holandesas, mostrando a necessidade de mudar o sistema alimentar do país para combater a mudanças climáticas.

O RLI recomenda os holandeses a adotarem a dieta nacional com 60% de proteína baseada em plantas até 2030. “Uma dieta saudável e sustentável significa que mais vegetais e menos proteínas animais serão consumidas”, ressalta o relatório.

O Conselho do Meio Ambiente e Infraestrutura (RLI) argumenta em seu relatório que, a longo prazo, a tarefa climática levará inevitavelmente a um menor espaço de produção para a pecuária e a uma mudança no nosso cardápio. Com a nova política alimentar, o Gabinete deve antecipar esta reviravolta, a fim de minimizar as consequências negativas e aproveitar ao máximo as oportunidades disponíveis. Esta é a conclusão do Conselho do Meio Ambiente e Infraestrutura (RLI) na sua recomendação “Sustentável e saudável”, que foi apresentada ao Ministro Schouten (LNV) e ao Secretário de Estado Blokhuis (VWS).

O foco central para este conselho é descobrir o que precisa ser feito para acelerar a transição para um sistema alimentar sustentável e saudável. Neste relatório consultivo, o Conselho concentra-se nos produtos de origem animal, porque a sua produção e consumo desempenham um papel importante no problema climático e nas questões relacionadas com a saúde pública e o ambiente.

Recomendações sustentáveis

O Conselho do Meio Ambiente e Infraestrutura (RLI) faz três recomendações neste relatório consultivo:

holanda vegana sustentável green business post
Ministro Schouten de Agricultura, Natureza e Qualidade Alimentar e Secretário de Estado Blokhuis de Saúde, Bem-Estar e Desporto recebem o conselho ‘Sustentável e Saudável: Juntos para um sistema alimentar sustentável’ – 3 de abril de 2018 – Photo Fred Ernst.
  • Estabelecer o espaço para a pecuária no futuro;
  • Fornecer o mais rapidamente possível a clareza sobre o espaço de produção na pecuária em 2030 e 2050, devido ao desafio climático nacional, traduzindo esse espaço em um sistema de permissões de emissão que estão desacelerando ao longo do tempo;
  • Que o  governo nacional, consulte as províncias sobre o uso efetivo de instrumentos e recursos para resolver os problemas ambientais e de saúde em regiões com alta concentração de animais;
  • Trabalhar em prol de padrões de consumo sustentáveis;
  • Sugere como meta a redução de proteínas animais na dieta em 2030 para 40% do consumo total de proteína. Uma dieta sustentável e saudável significa que mais vegetais e menos proteínas animais são ingeridas;
  • Use partes da cadeia para tornar a produção e o consumo mais sustentáveis;
  • Trabalhar em conjunto com as partes na cadeia para apoiar uma produção e consumo mais sustentáveis ​​e saudáveis ​​e o desenvolvimento do mercado de produtos de proteína vegetal.

A mudança necessária no sistema alimentar holandês pode ser comparada com a forma como a segurança alimentar na política agrícola nacional e europeia é garantida nos anos do pós-guerra. Isso levou à posição de liderança do setor agrícola holandês. A sustentabilidade do sistema alimentar que estamos enfrentando agora oferece uma excelente oportunidade para unir o fazendeiro, a indústria de processamento de alimentos, o varejo e os consumidores de maneira semelhante a uma coalizão que se concentra em alimentos sustentáveis ​​e saudáveis.

Fonte: Vegetarianos.

[amazon_link asins=’8525062723,8578813669,8578813839,B01N26LRDD,8531614317,8578813057,8578813421,8578813030,B0716SBGNL’ template=’ProductCarousel’ store=’green-business-post-20′ marketplace=’BR’ link_id=’ccc8dbed-ec04-11e8-ae9c-a105e6086f32′]

Atualização semanal

Receba oportunidades, editais, eventos e conteúdo exclusivo diretamente em seu email.

Cadastre-se

Apoie o canal 🙂

As opiniões veiculadas nos artigos de colunistas e membros não refletem necessariamente a opinião do Green Business Post.

Republique nosso conteúdo de acordo com a Collaborative Progress License!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *